A gravidez e a saúde bucal

A gravidez envolve uma série de mudanças que podem afetar a cavidade oral, causando maior risco de cárie e problemas de gengiva.

Mudanças hormonais, bem como mudanças na higiene e hábitos alimentares, podem favorecer o aparecimento de gengivite ou outras doenças bucais.

Os problemas nas gengivas geralmente são observados entre o segundo e o oitavo mês da gravidez e as mulheres com tais problemas antes da gravidez apresentam um risco maior, uma vez que estas alterações podem ser agravadas.

Do outro lado, a mudança nos hábitos alimentares, horários ou incidência de vômitos ou refluxo gastroesofágico pode causar erosão do esmalte, tornando-o mais suscetível à cárie.

Por todas essas razões, é muito importante realizar exames regulares com o dentista para controlar a placa bacteriana e prevenir o aparecimento dessas complicações.

A gravidez não é uma doença, pois as mulheres grávidas podem receber qualquer tratamento odontológico do qual necessitem. Além disso, uma série de precauções devem ser tomadas com a finalidade de garantir o bem-estar do feto.

Durante o primeiro trimestre da gravidez, geralmente, apenas os tratamentos de emergência são realizados, pois é nesse período que os principais órgãos do bebê se desenvolvem.

Geralmente, a partir do segundo trimestre, é o momento ideal para realizar tratamentos dentários. Não há problema em usar anestesia local ou exames radiográficos com o uso de um avental de chumbo que cubra o abdômen da mulher grávida, para diagnóstico e monitoramento.

Finalmente, pode ser irritante permanecer na cadeira do dentista por um longo período no último trimestre da gravidez. Portanto, é recomendável evitar a realização de longos tratamentos.

É muito importante informar ao dentista sobre o período de gestação e o histórico de partos prematuros.

Uma dieta equilibrada, cuidados dentários regulares e uma consulta prévia com o dentista irão ajudá-la a prevenir problemas dentários durante a gravidez.

Leitura recomendada

  • Ainhoa Liaño, Xavier Calvo. El papel de la matrona en la salud bucodental de la embarazada. Matronas Prof. 2014; 15(4): 119-120.
  • http://ahiprodec.blogspot.com.es/2009/11/salud-bucodental-en-embarazadas.html
  • http://www.odontologiapediatrica.com/s_e_o_p
Posted in
Tagged with ,

Related Posts

No Comments