As cáries em crianças: perguntas mais frequentes

Nós, do Laboratório Kin, queremos promover a higiene bucal infantil e a prevenção da cárie em crianças. Por esse motivo, apresentamos respostas às principais perguntas sobre este assunto.

A cárie é a doença crônica infantil mais comum e pode se desenvolver a partir do aparecimento dos primeiros dentes.

Por outro lado, está comprovado que o aparecimento está relacionado ao nível de higiene dental.

O QUE SÃO AS CÁRIES E O QUE AS CAUSAM?

A cárie é uma doença multifatorial caracterizada pela destruição dos tecidos do dente como consequência da desmineralização causada pelos ácidos gerados pela placa bacteriana.

De acordo com uma Pesquisa Nacional sobre Saúde Bucal em crianças, a predominância de cárie nos “dentes de leite” é de 36%.

PORQUE É CAUSADA?

Conforme discutido acima, a cárie é causada pela confluência de vários fatores:
  • A presença de bactérias produtoras de ácido na boca.
  • A susceptibilidade dentária.
  • O consumo de alimentos ricos em carboidratos, tal como doces, bebidas açucaradas...
  • A qualidade da higiene bucal.

Tudo isso provoca um estado adequado para a rápida propagação das bactérias que produzem os ácidos que desmineralizam o esmalte do dente.

COMO É RECONHECIDA?

Conforme discutido acima, a cárie é causada pela confluência de vários fatores:

  • A presença de bactérias produtoras de ácido na boca.
  • A susceptibilidade dentária.
  • O consumo de alimentos ricos em carboidratos, tal como doces, bebidas açucaradas...
  • A qualidade da higiene bucal.

Tudo isso provoca um estado adequado para a rápida propagação das bactérias que produzem os ácidos que desmineralizam o esmalte do dente.

Geralmente é o dentista que diagnostica as cáries por meio de exames periódicos.

Quando os pais as identificam, geralmente pode ser tarde porque isso significa que a cárie está em um estado muito avançado.

O primeiro sinal é o aparecimento de uma mudança de cor no dente que se torna esbranquiçada e sem brilho. Em um estágio mais avançado, uma borda amarela, marrom ou preta é observada no nível da área careada e, na fase mais visível, há a perda de substância e a quebra do esmalte do dente.

COMO SE TRATAM AS CÁRIES NAS CRIANÇAS?

A cárie infantil terá tratamento diferente caso a dentição permanente ou decídua (temporária) seja afetada.

Com base no tipo de tratamento, podemos nos deparar com as seguintes situações:
 
  • Se a lesão atinge o nervo e estamos diante de dentes decíduos, é realizada uma pulpotomia.
  • Se a cárie não afeta o tecido nervoso do dente, obtura-se e se preenche com uma pasta (a mistura).
  • Se a cárie causar um grande orifício, as coroas metálicas são aplicadas para manter o espaço, facilitando a correta mastigação.
  • Nos casos mais avançados em que a infecção causou a destruição da raiz do dente pode ser necessária a extração dele.

Por outro lado, um mantenedor de espaço deve ser instalado para evitar a perda do espaço necessário para a localização correta do dente permanente.

QUAIS AS MEDIDAS DE PREVENÇÃO ACONSELHÁVEIS?

A medida de prevenção mais importante é a higiene diária desde o aparecimento dos primeiros dentes.

Uma boa higiene dental, de acordo com a OMS, reduz a incidência de cáries em até 50%.

Por esse motivo, o Laboratório Kin recomenda o uso de escovas e cremes dentais para crianças adaptadas para cada idade, a visita periódica à odontopediatra, bem como manter bons hábitos alimentares. Tais hábitos são fundamentais para prevenir o aparecimento de cárie em crianças.
Posted in
Tagged with , ,

Related Posts

No Comments