Hipersensibilidade: hábitos e cuidados bucais

A sensibilidade dentária é um problema muito comum que afeta 25% da população adulta.

Consiste em uma forte dor de dente que aparece após o contato com um estímulo externo (bebidas e/ou alimentos ácidos, frios ou quentes).

Pacientes com bruxismo, portadores de aparelhos ortodônticos ou pessoas idosas com alto consumo de medicamentos correm um maior risco de sofrer com este problema.

Cabe destacar que, nos últimos anos, sua incidência aumentou, especialmente entre os jovens, em razão dos novos hábitos de consumo (abuso de bebidas energéticas, refrigerantes, etc.).

É muito importante tratar a hipersensibilidade dentária; portanto, você deve ir ao dentista para descartar outras doenças, além de realizar um tratamento adequado.

Abaixo apresentamos algumas dicas básicas para manter uma higiene bucal adequada:
 
  • Fazer uma dieta equilibrada rica em frutas e pobre em açúcar, tais como doces, refrigerantes, sucos com açúcar...
  • Utilizar escovas e acessórios dentários (fio, fita ou escovas interdentais) para conseguir uma limpeza profunda.
  • Utilizar enxaguantes bucais e cremes dentais especialmente formulados com agentes dessensibilizantes, altas concentrações de flúor e baixa abrasividade.

Atualmente, o nitrato de potássio é o agente dessensibilizante mais utilizado. Este componente atua diretamente sobre as terminações nervosas localizadas nos canalículos dentinários expostos, reduzindo, assim, a transmissão de estímulos dolorosos.

Por outro lado, o flúor em altas concentrações fortalece a estrutura do esmalte dentário e as camadas expostas da dentina, ajudando, assim, a controlar o desconforto da hipersensibilidade dentária.

Finalmente, a abrasividade dos cremes dentais é medida por meio de um parâmetro denominado RDA (Relative Dentine Abrasion - Abrasão Relativa da Dentina) cujo valor depende principalmente do tipo e quantidade de sílica contida.

Quanto maior o índice de RDA, mais abrasivo é o creme dental. Por esta razão, para os pacientes que sofrem de hipersensibilidade, recomenda-se o uso de cremes dentais com baixa abrasividade (RDA abaixo de 70), a fim de reduzir o efeito erosivo no esmalte dos dentes.

O Laboratórios Kin desenvolveu a SensiKIN, uma gama específica de produtos que contribui para a higiene bucal ideal ao mesmo tempo que alivia os sintomas da hipersensibilidade.

Sem dúvida é um aliado imbatível em casos de hipersensibilidade dentária.

Leitura sugerida

  • Li u HC, et al. (1998) Prevalence and distribution of cervical dentin hypersensitivity in a population in Taipei, Taiwan.J Endod; 24: 45- 7.
  • Lindhe et al. (1999) Consensus Report – Chronic Periodontitis – Annal of Periodontology – AAP – Chicago v.4,n1.p.38 (Dec.)
  • Rees JS, et al. (2003) The prevalence of dentine hypersensitivity in a hospital clinic population in Hong Kong.J Dent; 31: 453-61.
  • Aguiar et al. (2005) Hipersensibilidade Dentinária – causas e tratamento. Rev Inst Ciênc Saúde jan-mar; 23(1):67-71
  • Maria C Brunetti; Marilene I Fernandes; Rodrigo G B Moraes FUNDAMENTOS DA PERIODONTIA – Teoria e Prática – – 1ª ed. 2007

PharmaKIN

Qualidade farmacêutica para a higiene bucal.

Related Posts

No Comments


Mais lidos

Arquivo